Agito do local

Photobucket

Cidade do meu coração

domingo, 26 de dezembro de 2010

Essência Natalina

4 comentários

Coloridos sortidos de expressões variadas
Cânticos alegres de temas divertidos


Brilhante e singela comemoração de calendário
Importância a ganhar de nós tremenda consideração


Eventos de adornos e rituais diversos
A causar em nós encanto e motivação


Dia de alguém que um dia brilhou e se foi
O Rei inspirador de cada amanhecer nosso
Tempo de terna festividade e celebração
Relembrar do mais puro e intenso de nós


Momento de doce esperança e união
Pulsante intenção em variados corações


Intenso anseio de uma proclamação de paz
A troca de armas por amistosos apertos de mão


Por mais um tempo que se encerra, outro inicia
Nova chance de a mudança em nos proclamar

Sentimento de abraçar com vontade os a nossa volta
Alguém não se é verdadeiramente se o outro esquece

Brinde por cada dia, e cada dia acontecer
Viva agora sem acorrentar-se no depois


A eternos natalenses natos de natureza admirável
Tal se manifesta alem de dias bonitinhos assim





Desculpem a demora imensa em postar, mas, final de ano já viu...
Foram presentes a comprar, fotos a tirar, filmagens a fazer(para criar esse post), e arrumar coisas para viajar. Porem por fim aqui está a postagem.

Queria fazer algo mais incrementado para essa data, que particularmente aprecio, mas me faltou tempo.

Existem muitos que vão criticar essa postagem, de diversas maneiras, por ser uma data comercial, por eu não ter colocado nada referente ao verdadeiro significado, cristão, desta data, entre outras coisas.
Porem eu elaborei essa postagem assim pois estava querendo colocar aqui apenas uma imagem, referente a uma montagem com as fotos que tirei dos cenários de natal. Por isso não coloquei nada referente ao significado cristão da data.

Mas a mensagem acredito que consegue agregar isso, pois, mesmo para aqueles que não acreditem em Cristo, é de se admirar pensar em um homem que tinha uma filosofia de vida, e principios tão puros, onde por vários de seus ensinamentos é possivel perceber o quanto isso tem relação com nossa vida. É exemplo do que é ser humano, de ter atitudes que se cada um colabora-se, faria uma grande diferença.

Encerrando, posso dizer que...o natal...é só uma data, assim como o aniversário, pascoa, e etc. Porem, o que fazemos com essa data, com quem comemoramos, os momentos felizes que nos permitimos viver, e o proveito que tiramos, isso é de cada um.
Assim, desejo a cada um uma sabia escolha.

Um abraço a todos, e apesar de já ter passado da data, desejo um FELIZ NATAL!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A meus estimados

6 comentários

Para os meus mais amados
De minha simples criança infantil
Os sentimentos mais ternos de todo o mundo
Cujo imensidão minha pequenez não comporta
Por meu mais intenso desejo isso lhes confesso
Por saber o quanto preciso de cada um
Amigos de cá, parentes de lá
Amo assim cada um por sua particularidade
Por um sorriso, uma palavra amiga, um abraço
Por uma intensa opinião, por ser quem é
E por isso revelo sentir tanta falta de cada um
Lembrando a distancia que nos mantem longe
Que não deixemos isso afogar nossos sentimentos
Que não deixemos o dia a dia isso esfriar
Afeto é algo que devemos sempre manter nos corações
E aprender a semear nos dos demais
Devemos contagiar todo esse grande mundo intensamente
Movidos em uma unica,insesante e poderosa voz
Assim revelo, simplesmente, "amo você!", profundamente
Aprecio com paixão sua linda existencia
Prometa jamais deixar de brilhar
Um abraço profundo
De um intenso admirador

Wendel aka Bersebah


Senti um impulso intenso, e resolvi escrever.
Se você, que le esse texto, é alguem que tenho afeto, alguem que sorri, que demonstrei ser importante e valisoso, pode se representar nesse texto.
Para outros, os quais não conheço, quem sabe, seja coisa de tempo.
Afinal, todos temos nossas particularidades, muitas diferenças, mas muitas coisas em comum. E essa última parte é com certeza a que devemos levar em consideração.

Devemos aprender a enxergar as pessoas, e não simplesmente "passar por cima" delas todo o dia, querendo que simplesmente estejam nos engolindo, engolindo nossas opiniões, nossos motivos.
É saber amar e se permitir ser amado verdadeiramente. Um grande e profunda "empatia global".

Bom, deixo hoje esse texto a todos, e vou acompanhar com essa imagem, que acredito representa isso bem.

Um abraço a todos, os quais, senti muita vontade de mencionar o nome aqui, dos que aprecio, mas seriam tantos nomes que lembraria a lista de schindler, por isso, deixo assim. Mas com certeza quem pode ser incluido neste texto não terá muitas duvidas sobre isso.

Até mais, felicidades a todos.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A queda do Diablo

10 comentários
(clique na imagem para ampliar)

"Atravessando as barreiras deste com um mundo pararelo, os guerreiros chegaram ao "trono do mal", onde a forma derradeira daquele que um dia carregou o titulo dos mais belos e elevados os aguardava.


Foi uma batalha feroz, porem, liderados pelo honrado paladino, os guerreiros conseguiram a vitória, livrando as terras médias definitivamente do mal."


Essa é uma narração que fiz da imagem acima, referenciando o jogo Diablo II com algumas leituras, e filosofias relacionadas a imagem de Lucifer, o "pai" do mal.

A imagem é em homenagem a meu amigo, Brazzzil, pelo seu aniversário em setembro(e eu só postando isso aqui agora).

Para quem gosta do jogo, e fãs de montagens e afins, acredito que irão curtir a inagem.

Abraço a todos os passantes, em especial a meus fiéis amigos OCP e Brazzzil que sempre estão presentes por aqui.

domingo, 10 de outubro de 2010

Clouds Across the Moon - Rah Band

17 comentários



























Olhos de estrela


Partindo das profundezas do mar
Até a imensidão de um noturno céu
Cuja lua ilumina toda a composição
Recordo me de antigo cantigo nosso
Tempo sem limite nem regra alguma
Bastava comtemplar você
E eu possuia tudo
Sabe-se assim como é poder voar
Alcançar o infinito, tocar as estrelas
Sentir-se pleno e invulnerável
Assim foi o passado
Cheios de deliciosos contos empolgantes
Agora onde você foi?
Já não posso mais mergulhar em seus olhos
Profundos e encantados oceanos brilhantes
Adeus...
É o ritmar de uma palavra?
Ou a declaração de uma sentença?
De todo jeito se define cruel
Jamais toca-la novamente
Nem mesmo sentir seu perfume ao redor
Apenas podendo me lembrar de você
Minha querida olhos de estrela
Tão distante, tão distante.
Mas sei que vou te encontrar
Independente a distancia
Voarei com minha nave todo cosmo
Mas vou reaver seu brilho
Para ser contigo um novamente
Vou te encontrar

Bem...escrevi essas palavras enquanto ouvia a música mencionada no título. Fiquei encantado com o jeito da mesma, e me veio uma inspiração para atualizar o blog, que há muito não tenho animo de atualizar.
É...eu não to muito legal esses dias...mas vou comentar no blog de todo mundo que passou por aqui, e pretendo atualizar com mais frequencia.

Quem aceitar eu tenho um desafio...
Lendo a letra traduzida da música, eu consegui obter um significado além do que a letra tem a dizer(isso bem filósofano mesmo!). Gostaria de saber qual a opinião de quem passar aqui a respeito. Se alguêm conseguir ter a mesma opinião que eu, vou informar no blog da pessoa, e fico devendo algum favor a mesma(uaaaaaau!!!!)

Bem, é isso, bom domingo a todos, em especial a meus amigos OCP e Brazzzil pelas regulares visitas, e amizade constante, adoro vocês amigos. Desculpem qualquer coisa.

Um grande abraço

Bersebah

CLOUDS ACROSS THE MOON - Tradução

"boa noite. telefonista intergaláctico. posso lhe ajudar?”
“sim. eu estou tentando entrar em contato com comandante p.r. johnson, em marte, vôo
2-4-7”, “muito bem, espere na linha, por favor [chamando] pode falar!”.
“muito obrigado telefonista!”

Verso 1:

Oi amor!' como você está?
Hei amor, você estava dormindo?
Me desculpe, mas eu estava com muita saudades de você!

Amor!' como esta o tempo?
Me diga, melhorou daquele resfriado?
Me desculpe, tem alguém ai com você??

Ponte:

Desde que você foi embora, nada esta dando certo!
Não consigo dormir só à noite... e não tenho vergonha em dizer.
Eu preciso de um amigo ou alguém se não vai ser o fim.

Coro:

Quando eu olho as nuvens atravessando a lua.
Aqui à noite eu só espero e rezo por você.
Que você corra de volta pra casa, pra mim.

Verso 2:

Amor, as crianças dizem que te amam.
Amor está tudo bem contigo?
Me perdoe, mas eu estou tentando não chorar...

Ponte:

Eu já tive um milhão de amantes diferentes ao telefone.
No entanto estou aqui em casa.
Eu não sei se posso agüentar mais esta guerra insana.

Coro

“desculpe interrompermos sua ligação, mas estamos enfrentando condições violentas em uma tempestade de asteróides neste momento. talvez percamos esta conexão, por favor, seja o mais breve possível, obrigado.”

Ponte

Alo... alo... telefonista? "
" sim, perdemos a conexão! você poderia tentar de novo? "
- "me desculpe, mas acho que nós perdemos contato com marte 2-4-7, neste momento”.

Repetição de coro 3 vezes
Enquanto fala:

“ok, muito obrigado”...
Tentarei de novo no próximo ano... no próximo ano... “no próximo ano...”.

sábado, 12 de junho de 2010

Brasil - Brasília aniversário / e Dia dos namorados

7 comentários

Ola a todos os habituais(ou não) passantes deste blog.
Hoje sendo dia dos namorados, eu, apesar de não estar namorando para variar, vou deixar uma mensagem a respeito da data, com um poema, e uma imagem.

Entretanto não quero que busquem olhar essa data com o sentido comercial. Apesar de tudo, a história de presentes, e tudo mais, se pararmos para analizar, a data em si, tem uma mesma conotação de dia das mães, das crianças, e enfim, onde o mais importante é o sentimento referente a data.
No caso do dia das mães por exemplo.
Apesar do apelo comercial, é um dia para dedicarmos maior atenção a quem nós é tão querida, que nos deu a vida, e percebermos ainda mais o quanto é importante.

No dia dos namorados, eu diria que o principal da data é nos atentarmos ao relacionamento entre os casais, no sentido de compreender melhor até onde isso se estende. Estar com alguém não é apenas andar de mãos dadas, beijar e fazer sexo, é você desejar fazer o outro feliz, e isso fazer você feliz; É dividir problemas, somar alegrias, compreender a pessoa que está ao seu lado, apreciar quem ela é em seu todo, e sentir que ela completa uma parte sua.
A data é romantica, onde o que vale é estar com quem se gosta, fazer algo especial, não pela data em si, ela é apenas uma "justificativa", mas sim por ser alguém de quem realmente gostamos.

Sendo assim, aos enamorados, um Feliz dia dos namorados e segue meu texto e imagem(detalhe que a imagem foi toda feita no paint, tempo apenas efeitos de luz adicionados pelo photoshop):

Vibrante Diamante Doado

Atente a mim pequena a quem afago a face

A ti presente intenso, gentilmente tenho a doar


Minha vibração intensa que quero lhe divulgar

Preciosidade a mim valiosa, a me fazer funcionar


Divido contigo tal fluente néctar pueril

A prometer tu a mim, por isso não me desvirtuar


Toca minha engrenagem, corra comigo

Sinta os ponteiros que nos remetem ao infinito


Nunca pare o ritmo, jogue até o olhar ofuscar

Com o adorno terno que nos vibra a alma


Deixe a mim remeter, brilho ao teu olhar

E passe o ritmo adiante até todos o íon ligar


Acendamos como tocha, e vibremos como o mar

Brilhando como diamantes a luz a abraçar


Deixando o coração livremente cantar




Bom, a segunda e derradeira parte deste blog, é a respeito de Brasil, Brasília, copa do mundo, e mais diretamente um concurso do aniversário de Brasília o qual participei, que era para criar uma poema com o tema o aniversário da capital. Bom...infelizmente eu perdi, mas deixo aqui os meus três p0emas(eram permitidos três por pessoa), e os que venceram, alem dos nomes dos felizardos.

Primeiramente, porem, vamos falor só um pouquinho de copa do mundo, Brasil, e tal.

A copa do mundo não é ruim, mas há algo esses dias de copa que tem me incomodado.
É o fato das pessoas pintarem as ruas com verde amarelo, estamparem a bandeira no capo, colarem bandeirinhas e tudo mais.
Por que?
A resposta é que, caso o Brasíl, ou melhor, um monte de profissionais pagos para jogar futebol(nada mais são que isso) em nome da nação, perderem, no dia seguinte todo mundo remove tudo isso, ninguém mais vai querre saber de usar adereços verdes e amarelos, nem nada que estava utilizando apenas para esse periodo de copa.

Ai eu deixo a pergunta: O orgulho do verde amarelo, de usar as cores da bandeira, camisa, estampar a bandeira no carro, é apenas por causa do futebol, de uma misera copa que dura cerca de um mês?
O orgulho nosso não deve se limitar a isso! Eu tenho uma bandana(acessório de colocar na cabeça) com o desenho da bandeira do Brasil, e vira e mexe eu estou usando, e gosto muito!Não tenho essa de usar bandeira com desenho de outro pais, pois sou daqui, aprecio o nosso povo, nossas culturas, nossa gente.
Independente do que certos canalhas fazem aqui na capital onde moro(sim moro aqui em Brasília), indepenente disso, eu procuro nivelar pelo que somos, pelo que batalhamos, pessoas de verdade, de honra fazem, e que nasceram nesse chão, de um povo caloroso, alegre, festivo, e cheio de esperanças e amor nosso coração, aqueles que realmente merecem ser dignos de se dizer "é brasileiro(a)".
Isso fecha o Brasil, e vamos agora aos poemas. Lembrando que o concurso foi elaborado pelo "brasilia poetica"(segue link: Concurso Brasilia 5o anos) :


Primeiro, os poemas vencedores:

Ode a Brasília

“Era um rabisco e pulsava”
Carlos Drummond

Era só um rabisco no ermo que atordoa os poetas
Um sopro ponteando o nada
ao mais concreto do lugar nenhum.
Um verso solto que de tão plano,
devia só ter a altura de um horizonte embaçado.
Desses que só os olhos desertos de utopia
são capazes de umedecer.
Pura cicatriz em nanquim, regada a lápis de cor.
Depois vieram os retoques, as curvas
arquitetadas com inspiração dos céus.
Esperamos os quase mil dias de tua gestação,
para te ver nascer poesia concreta,
além dos números, suspensa
na alvorada que toca Deus e o chão.
Abençoada pelas mãos de Drummond
Estampada nos vãos, na urbana legião de amores,
Ideologias, praças e poderes.
“Teus endereços sem alma”
fingem a igualdade que só se conhece
com o sabor do humano que te inventa.
Mimeografei o futuro na geração
que poemou farinha com iogurte.
Aprendi teus sotaques e o candango
jeito de proverbiar-te simples como o povo.
Só para cantar teu contorno nave
Só para abençoar teu corpo pássaro
que agora prepara as asas para o grande vôo
que pressente a história.

Éder Rodrigues, poeta de Belo Horizonte.

Lívido concreto

A casca dentro da casca
Sobrepuja a pus do cerrado
O líquido da ferida
Alimenta a língua dos insetos
E flamba o ar com gotas de estuário

A casca dentro da casca
Punge os olhos do concreto
Desova preto e branco, pedra cor de cinza
Sobre um sabor futurista com um grifo

As cascas dentro da casca
Adormecem com chás de concretos
A goma do fruto penetra na partitura das árvores
Para a transfiguração do arquiteto

A casca dentro do ventre
Situada no meio da entranha mitológica
Apresenta pedras expostas no cerrado
Onde respiram idéias de vida seca pelo avesso

A casca dentro do dentro ensaia canções fáusticas
Adubando o fruto da terra a palavra lambe o feltro
E as folhas arrancam forças
Para a beleza polimorfica do cerrado
Nas vésperas do amorfo

A casca dentro da boca
Mastiga a palavra Brasília
Com gosto de pedra, pedrada,
Pedrapomes, pedraria, pedrasabão,
Pedregoso, pedregulho,
Pedreira, pedreiro, pedentro

Levo a língua quando engulo Brasília
E sobressaio em sonhos de traços pomo.

Paulo Henrique Costa Longuinho


Candanga

para Paulo Bertran

Candanga, a alma leve dos cerrados,
a moça e seus cabelos, nos longes de Goiás.
Candangos nós, teus filhos de adoção.
Candangos nossos filhos,
nascidos do teu chão.

A mão que te acenou de tão distante
foi quem prometeu que te faria.
Trocou o talvez por neste instante,
e a cidade assim se fez.

Candangos Vladimir, Bertran, Oscar, Sayão.
Candangos Lúcio, Vera, Nicolas, Bulcão
Candangos Teodoro, Cássia, Renato, Catalão.

Misteriosos como os campos de cerrados
de longe, apenas troncos retorcidos
de perto, segredos revelados:

água de mina, raízes, folhas, flores
beleza pura que explode por detrás
dos detalhes escondidos na aridez
da vastidão dos campos de Goiás.

Paulo José Cunha


Seguem agora os poemas desta peça aqui(ou seja mua...ta! EU o Bersebah!)

Primor de nossa amada pátria - Soberba Brasília

Solo fértil, de gente madura e decidida.

Sonho de louvável e visionário homem


Terra tom de rubi, qual de leite e mel.

Central ápice a reger esta imensa pátria amada


Em teus rígidos pilares, energia de bravos cidadãos.

Esculpida tu a ser impressionante obra prima


De nosso adorado pais é coroa brilhante

O Concretizar de nosso desenvolver


Da bandeira nacional é cor, de força e esperança.

Brilho ao olhar de homens de sul ao norte


Metrópole formada de gente de variado tom

Valoroso em costumes e tradições de toda esta nação


O alavancar de nossa animada e festeira sociedade

Rumar deste povo a considerável expressividade


Por teu cinqüentenário nossa satisfação

Presente nosso, preservar sua importante consideração.


A comemoração tua, as honras devidas.

Terra grandiosa, mãe nossa, tu és Brasília.

O brilhar de Uma Obra Prima – Nossa Brasília

Artística Terra de temperado clima

Tal é tua ventura capital menina


Coração desta nação abençoada

És tu, de solo fértil, e valentes homens.


Inspiradora de poetas e profetas de alem mar

De grande engenharia, brotou inabalável e luminosa.


Catalisadora de cidadãos de todo lugar

A vir incrementar tua beleza, de variedade infinda

.

Decolaste assim, no alçar do sonho de todos.

Feito avião a deslizar esplendoroso aos céus


A prazo curto-te tornaste colossal prodígio

Agregada de costumes, e culturas de todo lugar

.

De teu seio formaste homens de essência preciosa

Capacitados á arte deste imenso mundo desbravar


Profunda e plena dos singelos sentimentos de todos

Brindamos a ti por tua existência, cidade dourada

.

Palmas lhe damos hoje por tua imensa conquista

Meio século de intensa existência vivida


Parabéns por tua história

Parabéns Brasília

ASAS DE GRANDIOSA NAÇÃO

MAJESTOSA BRASILIA


No desfiar de muitos anos faz se bela História

O Conto memorável de uma fascinante realização


Ao mesmo dia e mês qual se ergueu a poderosa Roma

Outro vigoroso e intenso projeto por fim toma vida


O Decolar da tão esperada capital da esperança

Cintilante arco a arremessar flecha ao terceiro milênio.


De sonhos e profecias surge em terra abençoada

No coração forte e vigoroso de uma esplendida nação


Em um ambiente de bem temperado e misto clima

Desponta um recinto de culturas diversas do sul até o norte


Glorioso espaço erguido pelo suor de decididos homens

Pelo venerável presidente Juscelino Kubitschek comandados.


Aos poucos colossal se formou a primorosa cidade menina

Qual com tão poucos anos mostrou se venturosa obra prima


Central governo a devidamente conduzir todo o país

O digno reconhecer ao povo de toda sua extensão


Assim surgia a grandiosa cidade chamada Brasília

Formadora de prodigiosos e destemidos homens.


Ao mundo causou encanto e grande admiração

Vista teu esplendoroso e incomum formar monumental


Teu cinqüentenário é orgulho desta brava gente

Assim com satisfação devida, está data, o comemorar.


Parabéns a teu cinqüentenário majestosa Brasília!


Bom...é isso ai, termino assim minha postagem, um abraço a todos, e após o BIP deixem seu recado, lembrando que o mesmo se for de mal gosto ou ofensivo será gentilemente deletado.Um grande abraço a meus companheiros de blog, Brazzzil(que ta meio sumido ultimamente), e o OCP.

*BIP

sábado, 8 de maio de 2010

O solitário guerreiro/andarilho desconfiado

9 comentários

Cavaleiro de fardas negras qual pela noite vaga
Errante solitário caminhando perdido na ilusão

A seu lado apenas sua leal e silenciosa sombra
Triste escuridão qual paira fúnebre sob si

Cinzento se faz teu viver, tempo que nada resta.
O Fragmentar de tudo em sentimento único de adeus

Caminhos distintos quais sopram a destino algum
Da salvadora luz ao findar do túnel distanciam

Jornada de Sofrido guerreiro, todavia não cessa
A densos passos arrasta-se a voz de sua perseguição

Deleite de sua angustia, viver frio sem ninguém
Envergar vigoroso de sua força furiosa e fatal

De sua existência imunda o falhar é abismo
Sentença impiedosa á tua dolorosa sina vil

A frágeis emoções essência tua não enverga
Indigno combatente, filho de nulo exercito

Condena-te no embriagar de tua história chula
Ou
Teu conto com animo a vitória converte

Filho da poeira, corra da lama, no fogo te entorna
Suba, suma, obtenha teu troféu e livra te da rua





Atualização rápida, e fria, de um sujeito que nesses dias pode ser declarado como preguiçoso( diz que não tem tempo, mas na verdade não tem vontade).
É apenas uma atualização corriqueira, montada com elementos de meus arquivos, os quais já tinha obtido há algum tempo(no caso das fotos), e juntei com um texto que a pouco desenvolvi.

Bem, hora dessas eu posso dizer que irei atualizar o espaço com algo mais composto, porem, no momento, deixo uma pequena lembrança, para mostrar que ainda tenho desenvolvido algo para este espaço.

Um abraço forte a quem me visita, em especial a meus amigo honrados, que compartilham o mesmo "fardo" deste espaço blog, que são o Brazzzil, e o OCP.

Até breve!

terça-feira, 16 de março de 2010

Kunumi Angawe

6 comentários
Saudações a todos os passantes! Estou hoje fazendo um post especial, para divulgar, primeiramente, um site que é o HEROMORPH - Um site de fotomanipuladores, desenhistas, artistas que trabalham com 3D, com histórias, e com histórias em quadrinhos, entre outras coisas que acontecem no site como o SmackDown, que é uma especie de desafio de verão, com vários personagens que vão se enfrentando em uma história que é criada pelos membros do site, e publicada no mesmo como fotomontagem, ou desenho.

Minha segunda divulgação é o projeto Kunumi Angawe.


Isso nada mais é que um projeto, inicialmente criado por um grupo de brasileiros no site, para juntarem seus trabalhos em um único projeto, que se iniciou com o trabalho ao lado.

Após algum tempo o grupo de brasileiros no site minguou, e foi convidado um grande camarada, e também companheiro de blog, e excelente fotomanipulador que foi o OCP que é de Portugal, para se juntar ao grupo na época formado por mim, e outros excelentes fotomanipuladores, remanescentes do grupo original, que foram o Brazzzil e o Android.

O trabalho desenvolvido foi o do He-man, onde meus personagens foram o Gorpo/Orko
e o Homem Fera em uma versão mais personalizada, como de costume.




Atualmente o Kunumi Angawe conta com a partipação, como está virando costume, de uma leva ainda diferente das demais de fotomanipuladores(ainda mantendo a participação de meus amigos Brazzzil e OCP), em um trabalho como tema ficção cientifica, tendo o obreiro que fazer um personagem da série, e o seu criador.

Eis meus trabalhos para essa montagem.



São Paul Atreides e seu criador Frank Herbert da série Dune, que em português é Duna uma leitura que realmente recomendo a todos, pois, pelo que li, parece bastante interessante.

Como podem perceber, quem conhece a série, meu personagem do Paul Atreides está diferente do original, apesar de manter intactas certas caracteristicas do uniforme original.
Isso é costume em meus trabalhos, procurar sempre incrementar o personagem da forma como eu o veria vamos dizer, colocando algo diferente.

Desta vez, como podem ver as imagens atrás do personagem, utilizei varias referencias na composição do personagem.
Considerei detalhes egipicios, afinal, Dune é passado em deserto, com uma ambientação similar a do êgito.
Alem disso considerei o uniforme de Dune similar a de um personagem de um jogo que gosto muito que é o MDK.
Depois deste último, não foi dificil agregar ainda considerações de roupas de Edward mãos de tesoura e até mesmo Black Kamem Rider para incrementar ainda mais minha composição.

Já para o velho, não utilizei muitos detalhes. Procurei fazer algo simples, "comum", apesar de mesmo assim me empenhar em deixa-lo bem inchuto, e interessante, a nivel do personagem que criou.

Resta agora ver como ficara o trabalho final disto, que pretendo com certeza publicar quando for terminado.

Fora isso, só um até mais, e um abraço a todos, em especial a meus amigos Brazzzil e OCP.

PS: a musica dedicada a este post é a March of Mephisto do Kamelot que podem ouvir pela radio do blog, que foi a musica que inspirou minhas criações.

sábado, 30 de janeiro de 2010

As trilhas do Bersebah

5 comentários

( Musica do post na radio - Reach Out(I'll be there) - Michael McDonald[vale a pena ouvir dei um puta trampo para achar e baixar])

Serenata á quadra senil

Pensamentos de leituras do tempo
Rascunhos amarelados e deslembrados de puras eras
Imaculados, a meus desgastados tenros olhos

Viço admirável ausente a atual período nosso

Ranger de janela que não abre-se jamais
Papagaio de fio, pobre de liberdade no céu

Sazão de nosso deturpado e viril ego seco
Empapados de nossa futilidade e sabedoria vil

Diamantes de gude, de coração só de carne
Ousados desejadores de encantado reino vazio

Linda casa nossa, a sangrar por nosso negro bailar
Tragando-nos a cova em sua companhia

As mãos de nossos irmãos saibamos rápido abraçar
Trágica peça nossa, mudando assim heroicamente

Sem mais perdição, só boas lembranças
Sem violencia, sem ignorancia

Quero meu passado de novo
Meus grandes e desengonçados discos de ruídos
Fazer de conta
Ter medo de escuro
Romper o vento com a bike em tarde de domingo
Brincar de pique esconde, e pega-pega
Ainda haverá tempo assim?




Se me perguntarem se estou indginado com alguma coisa...direi que não, pois apesar de muita coisa acontecendo na minha vida, vou na que enverguei a meu pai, e que me faço acreditar, quando estou mais sobrio de minhas ideias, que é "cada luta fortalece o carater do ser humano".
Penso dessa forma.
Entre outras esse dias consegui, com o auxilio do meu pai, fazer fechar direitinho a geladeira que estava dando problema.
Nem imagem o problema que essa belezinha ai em baixo deu...
Mas, depois de trocar algumas peças, seguir as dicas do técnico na loja, deu para deixa-la impecavel de novo.

De resto é só seguindo 2010 da forma como possivel, da forma como penso que deve a humanidade, que é, neste mais um ano que se apresenta, não tentar mostrar mais virilidade, ou a bela progressiva no cabelo, mas sim, devemos mostrar humanidade, irmandade, pois é isso que carece nossa civilização.
Não pretendo virar politico nesta vida que Deus me deu, mas sou da campanha da união, de procurarmos nós, homens e mulheres de bem, nos juntarmos por causa, e direitos em comum, em um pais, mundo, onde vemos por ai tantas coisas acontecendo, desastres, violencia, morte.
É esse meu desejo, para 2010, me tornar alguem mais digno, mas forte, mas experiente, mais maduro, e penso que com tudo que tem acontecido ja neste começo de ano, vou ter que suar a camisa, mas se conseguir meus objetivos, beleza!

Fui galera, desculpe o bla bla bla, se não gostaram, e aproveitem as imagens e o post.
Em falar nisso, a imagem do lobo NÃO é minha, eu personalizei ela, mudei cores, detalhes, mas o original, com nome de modern interpretation na internet, não é infelizmente de minha autoria(ainda sem tanta habilidade), mas em breve colocarei, se Deus assim permitir, trabalhos novos aqui.

Um abraço a todos, em especial meus amigos Brazzzil, OCP, e meus pais, pai e mãe esses que amo muito.

Ah sim! Segue a letra da musica que indiquei:

Reach Out, I'll Be There

Michael McDonald

Now if you feel that you can't go on
Because all your hope is gone
And your life is filled with confusion
And happiness is just an illusion
And your world around is tumblin' down
Darling, reach out
Reach out, for me.

I'll be there, with the love that will shelter you...(tell me baby)
I'll be there with the love that will see you through

Wwhen you're alone and about to give up
'cause your best just ain't good enough
and you feel the world has grown cold
and you're driftin' out all on your own
when you need a hand to hold
darling, reach out
reach out, for me.

I'll be there with the love that will comfort you
I'll be there with the love that will see you through

I'll be there with the love the will shelter you
I'll be there with with the love that will see you through

I can tell you the way you hang your head
You're alone now, and you're afraid
And through your tears you look around
But there's no peace of mind to be found

I know what you're thinking
You're alone, with no love of your own
Darling, reach out
Reach out, for me

I'll be there with the love that will shelter you
I'll be there with the love that will comfort you

I'll be there with the love that will shelter you
Tell me baby
I'll be there with the love that will comfort you
I'll be there

I'll be there with the love that will shelter you
I'll be there with the love that will see you through.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

De volta - De novo - Novo

15 comentários

Mais um ano que passa
Mais um dia que vem

Saudade do que não volta
Vontade do que não tem

Tempo de furias, tempo de ninguem
Deus um, em humanidade de mil

Férias quero dessa vida
Até um dia de sol de tom pupura
Lavando nossa pele impura

Tosco, mosco, desgosto
Mais um tempo em vão?
O que desejo hoje, verei amanhã?

Esperança...
Palavra linda que me enlaça
Vontade que brilha, e entorpece

Desejo de hoje...vontade de amanhã
Terei mais esperança assim?

Rosto de homem, olhar de menino
vaidade de jovem, espirito velho

Gira, e gira até ver tudo igual
Principio e fim tudo natural
Parque de um jogo insano, sem dono

Vitoria, taça dourada, brilho de prata
Sou eu no espelho? que vejo então?

Olhar de gloria ou de perdição
Mais um dia nessa ebulição.

Pois é ano novo, blog...quase novo, mas meio renovado.
Acima a imagem? eu tentando fotografar um enfeite de natal na rua, penso que ficou bom, ao menos a meu conceito sim.

O ano não começou com o pé direito para mim, porem...cada dia se faz por si, direi mais quando isso chegar a seu fim(31/12/2010).

Espero que os frequentadores deste blog estejam satisfeitos com a nova cara, pois deu um certo trabalho para fazer.

Adotei agora uma mudança de layout, fazendo resumos dos posts, aonde a postagem toda pode ser vista clicando no titulo, ou leia mais.

Também mudei titulo, imagem, e bla bla bla, e principalmente, fez diferença a radio, pois agora são musicas do meu pczinho, arquivo pessoal, e eu estou contente pela indicação do site que me deram, pois...coloco as musicas que quiser, na ordem que quiser, e posso ouvir direto.

Detalhe: cerca de 40GB de espaço no site!

Mas não to fazendo propaganda, é que to feliz com isso(bolas, propaganda enfim heheehehe)

Ademais é isso, FELIZ 2010 a todos, e verei se mexo mais nisso aqui esse ano, se conseguir viver(dramatico?).

Um abraço especial a meus amigos OCP, e Brazzzil por me acompanharem sempre nisso aqui.

FUI!