Agito do local

Photobucket

Cidade do meu coração

quinta-feira, 27 de março de 2008

Kronos Crisis


"Fico a pensar se algum dia existira um lugar no mundo para meus filhos.
Quanto mais busco menos eu encontro,a mesma paixão pelas coisas,como se elas não tivesem mais o mesmo valor.Cada vez mais distante minha busca se encontra,nesse mundo "globalizado".
A natureza sente,os passaros piam menos,e os cães ladram de forma menos ordenada.Que houve com vil raça que transformou sua cultura,perdeu seus principios para uma caixa preta vigiada de perto praticamente 24 horas por dia.

Por gerações essas mesmas criaturas em vão procuraram um Deus não escrito em suas vidas,sofreram o amargo peso da inquisição,perderam sua fé para o medo.
Entretano naquela época muitos estavam bem perto.Sentiam amor,respeitavam as pessoas e animais como iguais,sabendo ser a fera e o homem,o sabio e ao mesmo tempo o bicho existem neles com inteligencia e precisão.
Todavia o sentido que buscavam,uma harmonia com os tempos foi caçada e o povo esquecido e seus registros queimados.O sigilo negro foi quebrado dando ceticismo aos seres que buscaram um "Deus" para tocar.Houveram mais revoluções e medo,entretanto ainda havia a arte,a cultura e pessoas para lutar pelo bom e pelo justo aos homens.Com o tempo isso foi deixando de existir com a "globalização".

Passamos então a entrar em uma espécie de cadeia alimentar onde o mais forte devora o mais fraco,perdendo assim nossa cultura, nosso direito de existir como seres nascidos em determinada terra,pois eramos sufocados pelo predatorismo desenfreado do progresso,pelo exemplo distorcido de outras etnias mais elevadas.
O puro, o inocente de tudo, foi se perdendo para a cada vez mais libertinagem das coisas.

O ser humano entrava para meu espanto como um animal cedado em sua jaula atraves da irresistivel tentação de uma "banana".Entramos em outra inquisição,aonde os homens permitem permanecer com seus grilhões.

Como poderei criar meus descendentes em uma terra aonde eles seram influenciados por um homem que expõe ideias distorcidas naquele caixote preto?Terão eles liberdade de sentimentos?Ou serão controlados pelo que passa naquele pedaço de vidro brilhante?Temo que se percam...e ajudem a destruir esse mundo.
Porem as pessoas ja o fazem, gerando a sua volta uma atmosfera de medo,duvida,ansiedade,e desanimo inclusive para consigo.Querem se libertar,mais criaram tantos brinquedos para brincar...E ficam presos em suas jaulas a maior parte do tempo como bobos.Mesmo com ela destrancada.Temo enlouquecer.

Penso em devorar meu filhos se eles vierem a nascer,por segurança.Ou esperar,quem sabe, que um deles me devore,provando assim ser mais forte que eu.E acabe para sempre com o meu tempo."


Escute:http://djpretzel.web.aplus.net/songs/Chrono_Trigger_Black_Wind_Rising_OC_ReMix.mp3

Um comentário: